Dia Mundial dos Direitos humanos com a ONU Mulheres

Neste dia em que celebramos o Dia Mundial dos Direitos humanos, reforçamos que os direitos das mulheres são #direitoshumanos que precisam ser respeitados.
No dia 26/10/2017, tivemos a honra de compor a mesa do evento “Diálogo com a ONU Mulheres”, promovido pela Comissão Estadual da Mulher Advogada. Representando o projeto Diálogos pela Liberdade, parceria de anos na caminhada da Conectidea, nossa diretora de comunicação e articulação social foi recebida pela vice-presidente da OAB Minas, Helena Delamonica, na sede da seccional mineira da OAB.

 

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Foi uma excelente oportunidade para ouvir a representante da ONU Mulheres, Nadine Gasman, que trouxe dados atualizados sobre o feminicídio no Brasil, destacando que houve considerável aumento na taxa de assassinatos de mulheres, sendo as mulheres negras as mais vulneráveis. Os índices colocam o Brasil na posição de 5º país mais violento do mundo contra as mulheres. Gasman também evidenciou pesquisa que revela que 85% das mulheres têm medo de sair na rua por medo de violência sexual, ou seja, não se sentem seguras nos espaços públicos; e ressaltou a importância de se reconhecer os trabalhos desenvolvidos pelas organizações de mulheres, as mobilizações e os marcos internacionais, como a Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (CEDAW – sigla em inglês), que é o primeiro tratado internacional que dispõe amplamente sobre os direitos humanos das mulheres, com o propósito de promover a igualdade de gênero e reprimir todas as formas de discriminações contra as mulheres nos Estados-parte.

A imagem pode conter: 6 pessoas, área interna
Os pactos entre governos também buscam a erradicação da violência, o empoderamento das mulheres e a igualdade econômica, mas a caminhada é árdua para se alcançar um mundo mais justo, mais humano e igualitário. Como ação conjunta, mais de noventa países assumiram compromissos concretos para um Planeta 50-50, iniciativa global lançada pela ONU Mulheres em apoio à Agenda 2030.