Quando o corpo não acompanha a mente

Vivemos em tempos dos “sem tempo”. A corrida pela produtividade está movimentada. Aceleramos, mas ainda assim compraríamos alguns minutos, se pudéssemos. Com isso, colocamos em segundo plano a alimentação, o lazer e a própria saúde. A era dos estressados é agora!

Em um mundo de grande competitividade aprendemos que ser criativo, paciente e ágil, tudo ao mesmo tempo, é necessário. Mas as ideias muitas vezes se atropelam e o relógio não dá trégua. Com o advento das redes sociais e o mundo nas mãos, também trocamos o descanso por interação contínua. Sim, estamos viciados em informação e o celular já se tornou extensão do nosso corpo. Como é possível tantos jovens desmemoriados por aí se eles dão conta de milhões de plataformas sociais, conversas paralelas, curtidas, risos e selfies ao mesmo tempo? Estamos enchendo cada vez mais nosso HD cérebro de dados temporários. Aprendemos e apreendemos o mundo à nossa volta de modo diferente. Quando nos apresentamos ao mercado, aquele famoso e poderoso “Sr. Mercado de Trabalho”, temos que render cada vez mais e em menos tempo.

Nossa lista de objetivos, metas e pendências parece um recipiente sem fim. Precisamos agregar a todo instante. E como fazer isso e ao mesmo tempo dar atenção para aquela dorzinha que incomoda diariamente, mas não te paralisa. Como tomar um café sem olhar a hora ou ler alguma coisa só por gosto? Tenho tanta coisa pra fazer que até mesmo as coisas que me interessam ficam cansativas no final do dia.

A saída é realmente parar, respirar fundo em algum canto com menos poluição e encontrar a brecha que te salvará da loucura do cotidiano. Já percebeu que sempre damos alguma desculpa se é para fazer algo fora do contexto da produtividade, que seja por simples satisfação ou cuidado consigo mesmo? Então, pare de dar desculpas e faça alguma coisa pela sua saúde física e emocional. Quem sabe começar por coisas pequenas, como vencer o vício de dormir pouco? O seu corpo responde na hora, a mente é que teima em ficar acesa. Quem sabe diminuir o café e passar a tomar um suquinho verde, fazer uma caminhada ou trocar o seriado de TV por uma atividade física que lhe agrade? Talvez deva prestar atenção na sua ergonomia e atentar para não ficar tanto tempo sem comer. Mas quem é o louco que come de três em três horas, não é? Bom, você deve saber o que precisa ser feito! Marque aquela consulta que está ficando pra depois (já faz mais de um ano né). Vá fazer uma limpeza no dentista (limpeza?). Ou, visite aquela tia, avó, amigos que não encontra há muito tempo. Vigie seu ritmo para não sair da linha! Lembre-se de reconectar seu corpo e mente.

Assine o blog para receber nosso conteúdo! Ali, na lateral superior direita desta página. Basta inserir seu e-mail e confirmar sua assinatura. 

Precisa de conteúdo textual ou visual?
Redação, design, roteiros, apresentações, revisão de texto e projetos. Solicite Orçamento

Conectidea-conteudo-comunicacao


Boas ações e o novo capitalismo

“Faça todo o bem que puder, usando os meios que tiver, de todas as maneiras que puder, para todas as pessoas que puder, durante o tempo que for possível”.

Experimento social, marketing social, responsabilidade social: uma mensagem para o novo capitalismo! As marcas se relacionam de modo diferente e adotam novos padrões de valorização. Ser visível por meio de ações que contribuem com a sociedade é algo que vai além de mera publicidade. As pessoas não deixam de comprar, mas passam a se relacionar de modo consciente com o consumo. Aí se apresenta a necessidade de um novo olhar sobre o mundo. Pense diferente!

Gostamos da iniciativa ‪#‎Kanui‬! Via Canal DVC.

Redação contratada

Então, você investiu na produção de conteúdo! Que maravilha! Mas, e agora?  Siga algumas dicas básicas para entender o processo de redação e suas possibilidades.

Briefing: é fundamental e direciona o seu projeto. Nesta primeira fase, busca-se entender a sua essência e demanda. A partir daí, elabora-se a melhor abordagem para a formatação do conteúdo. Isso acontece por meio de reuniões, pesquisa e entrevistas. É preciso saber para quem você está falando.

Pauta: se o seu projeto tem alguma periodicidade, é interessante ter um planejamento de pautas. Isso significa ter um plano com os assuntos que gostaria de abordar durante aquele determinado período. Para tal, também devem ser agregadas fontes relacionadas para enriquecer o texto produzido, pontos principais a serem abordados ou questões a serem levantadas. Você pode solicitar a condução de pautas para publicação de matérias, postagens em blogs, redes sociais, etc.

Construção do conteúdo: quem escreve deve organizar o texto para que a mensagem seja clara. Tudo deve ser pensado para que o leitor se interesse pelo que está lendo, para que as palavras fluam. Você receberá o texto para aprovação e irá informar os alinhamentos ou alterações, caso seja necessário. Se você quer um texto otimizado para web, certifique-se que o profissional contratado tenha esta expertise, ou seja, tenha conhecimento de SEO e demais recursos relacionados a marketing digital.

Assine o Blog Conectidea e receba nosso conteúdo gratuito!

Como criar um blog gratuito no WordPress #1

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.

Cora Coralina

Essa frase é chave para os posts que hoje têm início aqui na Conectidea. Sou muito grata a todos os tutoriais, fóruns, dicas em vídeos e todo o conteúdo explicativo que encontramos pela internet. Assino o material de vários sites que considero referência e gostaria de seguir o exemplo das pessoas que compartilham aquilo que sabem. Muitas vezes, coisas simples viram um verdadeiro pesadelo para quem está se atrevendo a fazer as coisas por conta própria. Então, atreva-se!

Para aquelas pessoas, organizações ou projetos que não têm muitos recursos financeiros para contratar agências de comunicação ou profissionais da área para dar uma mãozinha, a dica de criação de blog gratuito pode ajudar.  O wordpress foi a plataforma escolhida para o passo a passo da criação do blog, mas existem outras opções, como o blogspot (blogger).

Por que o WordPress? A resposta é simples: acho mais fácil de usar, você pode personalizar o seu domínio e é a plataforma que utilizo para os meus blogs. Então, vamos começar!

Você já sabe sobre o que quer escrever ou o que quer apresentar? Pense nisso, pois é fundamental que tenha em mente o tipo de conteúdo que quer compartilhar, ou seja, os temas que deseja abordar.

Passo 1: Acesse a página inicial do wordpress e clique em criar site.

inicial wordpress

Passo 2: Digite o endereço desejado para o seu blog. Pode ser seu nome ou algo que tenha a ver com o seu tema. O WordPress irá buscar e informar se o nome está disponível ou não. Se sim, aparecerá um sinal verde e você pode clicar em “Crie seu site e continue”. Se o nome já estiver sendo usado por outro blogueiro/a, aparecerá a mensagem “Este site já existe!”. Tente outro endereço até ser aceito.

endereço do blog

Passo 3: Pronto! Agora que já criou o nome do seu blog, o WordPress precisará de alguns dados. Verifique o nome escolhido, insira um e-mail válido (que você use), um nome de usuário e senha de acesso. Lembre-se de guardar esses dados.

detalhes

Passo 4: No próximo passo, o WordPress irá perguntar se deseja um domínio personalizado, isto é, um endereço de blog sem o complemento do nome da plataforma. Este serviço tem validade de 1 ano e custa $18 (dezoito dólares – anual). Ao invés do seu blog ficar com o nome “meubloggratuito.wordpress.com” (gratuito), ficará assim: “meubloggratuito.com”. Esta última opção é paga e você deverá inserir dados do cartão de crédito. Caso opte pelo domínio gratuito, clique na opção “Não, obrigado”.

domínio

Passo 5: A próxima página abrirá uma série de temas para você escolher. Veja o visual que mais lhe agrada e clique. Se depois você não gostar do tema, poderá trocar.

tema

Passo 6: Estamos criando um blog gratuito, então, escolha o plano gratuito na página seguinte.

plano gratuito

Passo 7: Confira seu e-mail e ative o blog. Logo aparecerá uma mensagem agradecendo pela inscrição.

inscrito no wordpress

Passo 8: Após ativar o blog no seu e-mail, clique em “Personalizar site”. Você irá conhecer a primeira parte da edição do seu blog. Ali vamos configurar o cabeçalho, cores e demais recursos conforme o tema que você escolher. A versão gratuita tem algumas restrições, mas atende bem!

editando

Daqui para frente acompanhe o passo a passo da Conectidea para configurar seu blog e fazer suas postagens. Separe as imagens que deseja inserir, a sua marca (se tiver), sua apresentação, texto de apresentação do blog, os marcadores que precisará. Os marcadores são uma lista de palavras que definem os temas do blog. Você poderá organizar o conteúdo de acordo com o assunto em foco.

Cuidado com o conteúdo alheio. Não vá pegar fotos ou textos dos outros sem autorização. Existem alguns sites que oferecem imagens gratuitas. Busque por imagens de domínio público ou com licença de uso gratuita. Outra opção é produzir suas próprias imagens. E se o texto não for seu, lembre-se de citar autoria, caso esteja liberado para tal.

No mais, LEIA! O WordPress é bem intuitivo e deixa tudo bem explicadinho. Basta ler e não sair clicando feito louca/o. Se não souber o que significa uma palavra, busque se informar, pesquise. Nada de preguiça. Agora você tem um blog para configurar e alimentar! No próximo passo vamos falar sobre o primeiro post.

Quer seu projeto ou sua história escrita?
Entre em contato para otimizar o seu conteúdo e a sua comunicação. Solicite Orçamento

Conectidea-conteudo-comunicacao


Devo contratar um redator?

Muitas empresas, blogs e demais interessados em gerar conteúdo se perguntam se devem contratar os serviços de redação, assim como pensam se devem mesmo contratar alguém para fazer uma marca, criar uma apresentação, dentre outras atividades encaradas como custo, ao invés de investimento. Se você não tem qualquer habilidade para escrita ou não tem tempo para desenvolver seu projeto, busque profissionais que te atendam com serviços específicos e lhe orientem. É isso que tenho feito ao atender meus parceiros de vida, meus clientes. Se você quer escrever conteúdo de qualidade, mas não tem familiaridade com a parte técnica, você tem duas opções:

1- Contrate o serviço de redação conforme demanda e faça o planejamento para próximos trabalhos. Redação inclui briefing, pesquisa, roteirização e organização do seu conteúdo que será entregue devidamente revisado. Sim, isso toma um tempinho.

2- Escreva o seu conteúdo e envie para revisão. Pode ser apenas uma revisão ortográfica e gramatical ou com adequação de texto, na qual você terá sugestões para possíveis melhorias. Nem sempre é fácil colocar no papel as nossas ideias, por isso, você deve avaliar se conseguirá desenvolver a redação com qualidade.

Sempre busque referências e contrate redação profissional!

 Requisitos básicos dos (as) redatores profissionais:

 

Domínio da língua culta em que escreve.

 

Conhecimento sobre estrutura de textos.

 

Criatividade e boa capacidade de pesquisa.

 

Organização e compromisso com os prazos de entrega.

Quer seu projeto ou sua história escrita?
Entre em contato para otimizar o seu conteúdo e a sua comunicação. Solicite Orçamento

Conectidea-conteudo-comunicacao